top of page
Buscar
  • Foto do escritorRosa Azevedo

Sobre o aborto: de 1976 a 1924

Por ocasião do meu Mulheres, Literatura e Revolução, pus-me finalmente a ver o assombroso programa apresentado por Maria Antónia Palla, Nome-Mulher, da autoria de Antónia de Sousa e Maria Antónia Palla, na RTP de 1974 até 1976. Os penúltimos episódios são dedicados ao aborto e ao planeamento familiar, episódios que levaram a jornalista a tribunal, por denúncia dos partidos de direita e da Ordem dos Médicos. O mais curioso é repararmos que hoje, em 2024, num fortíssimo retrocesso civilizacional, este programa continuaria a ser chocante e a levantar muitas questões. Para além disso seria também um programa muito informativo, esclarecendo muitas dúvidas que ainda existem quer sobre o aparelho reprodutivo, quer sobre a anatomia do aborto quer sobre a importância da sua liberalização. Aqui, no início da segunda parte, é filmado um aborto integral, querendo mostrar que fazer um aborto que não seja clandestino pode ser seguro e indolor.

Para esclarecer dúvidas, combater o escuridão ou outras questões prementes assistam aqui aos dois episódios:



39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page